Fale Conosco

dicasfotografia.com

dicasfotografia.com

O que é ISO na fotografia

Fotografia

O que é ISO na fotografia

i e ii a galera do projeto tal beleza seja muito bem vindo hoje então a gente vai falar sobre o último dos três pilares da fotografia o iso a sensibilidade do sensor caso você não tenha visto os outros dois vídeos aqui que a gente falou sobre a abertura do diafragma e velocidade do obturador dá uma olhadinha neles porque vai ser bem importante aí para a seqüência que vai vir onde vai falar sobre fotometria vai aprender a equilibrar melhor a estes três pilares a gente vai ter um controle maior sobre as nossas imagens então como disse nos vídeos anteriores o diafragma obturador são duas barreiras físicas que vão permitir a entrada de mais ou menos luz dentro da nossa câmera que mais ou menos luz atinge um novo sensor o ex por outro lado ele não é nada físico dentro da câmera ele é na verdade um processamento uma amplificação de sinal que ocorre depois que a luz atinge o sensor antigamente a gente fazia fotografia com um filme na fotografia analógica a gente tinha que saber meio antecipadamente o que a gente ia fotografar se eu ia fotografar então é num ambiente com bastante iluminação de dia numa praia por exemplo eu poderia comprar é um filme com isso o menor com uma asa menores e asa exatamente a mesma coisa só mudou a nomenclatura então ela na loja sabendo que o ambiente está bem iluminado comprava um filme com isso sem se eu soubesse que eu ia fotografar em ambientes mais escuros nem com pouca iluminação ou fazer fotos noturnas eu comprava filmes mais sensíveis filme com isso os mais altos como 400 800 hoje ainda bem que a gente tem aí né na câmera digital a gente consegue regular essa sensibilidade na maior parte das câmeras a gente tem aí uma escala de izu que vai de 100 até mais ou menos 6 400 a principalmente nas câmeras de entrada é essa escala é um pouco menor é lógico que tem câmeras aí que vão de 50 por exemplo é o louiso até 12 mil 25 mil 409 mil como teve uma câmera da sony que faz esse iso gigantesco mas em geral aí a gente consegue câmeras mais baratas que vão támbém da escala entre 100 e 6.400 o iso quanto mais baixo o valor – amplificação de cena vai ter o uso sem o uso padrão é o risco que a maior parte das câmeras aí tem como padrão conforme você dobra o valor você ganha um ponto de izu você ganha duas vezes mais luz é como se entrasse duas vezes mais luz tendo a sua câmera então de 100 para 200 eu tenho um ponto de 200 para 400 e tem um outro ponto e por aí vai é lógico que existem também valores intermediários de izu a maior parte das câmeras permite que você configure aí por exemplo meio ponto ou um terço de ponto e meio ponto seria 100 150 200 um texto de pontos em 125 160 200 e quanto mais pontos na intermediária se você tiver de izu melhor vai ser porque você vai conseguir fazer um ajuste mais fino da exposição da sua imagem um problema que ocorre com iso é que isos muito elevados eles tendem a trazer ruído para a imagem também ou seja imagina só você tá mexendo no rádio não conseguiu sintonizar direito ali na estação que você queria você vai ter ruído ali junto com a música conforme você vai aumentando o volume do seu rádio aquele ruído nem aquele chiado ele também vai aumentando também vai implicando com a imagem é basicamente a mesma coisa quanto maior mais alto valor você tiver de izu mais ruídos e traz para sua imagem mais granular ação e consequentemente com essa graduação aí você perde um pouco da nitidez dependendo do modelo da sua câmera você ela vai vai ter assim nível de ruído aceitável até um valor maior a maior parte das dslr de entrada hoje elas vão aí até mesmo seiscentos e acima disso já começa a ficar um nível de graduação muito alto é isso óbvio vai depender a sua câmera vai depender do seu rosto se você acha que aquilo é que aquele ruído que tem na sua imagem é aceitável não e também vai depender do tipo de trabalho que está fazendo trabalhos como por exemplo o fotojornalismo é fotografia de espetáculos net atro música dança e permitem trabalhar com o ruído maior nem com isso os mais elevados isso porque por exemplo fotojornalismo que importa na verdade você ter ali a imagem é você conseguir capturar aquele momento se a foto vai estar super bem enquadrada é se vai ter um pouquinho mais de ruído não isso importa o que importa você registrar o momento em foto de espetáculos por exemplo você não vai poder ter velocidade muito baixa porque você não se não você vai borrar o movimento das pessoas você também não pode utilizar eheheh iluminação algum tipo de iluminação como flash ou luz de led porque isso vai atrapalhar o espetáculo então é aceitável neste tipo de de fotografia que você leve mais juízo que você traga ruído para sua imagem sim sem problema nenhum agora por outro lado em fotos por exemplo comerciais fotos que você faça publicidade ou paisagem arquitetura essas fotos geralmente tem que ser um pouquinho mais limpas na verdade quanto mais perfeitas melhor foto de produto de roupa né de enfim de qualquer tipo de produto ou forte publicidade geralmente você faz com luz controladas então você não tem necessidade de aumentar muito o valor do iso foto de arquitetura de paisagem você pode usar a história da longa exposição você pode é colocar velocidade de obturador mais lentas pra quê seu sensor fica exposto durante mais tempo e assim conseguir uma foto mais bem equilibrada é que o seu sensor receba luz suficiente para a exposição daquela foto e sem ter necessidade de aumentar muito valor com isso para não ganhar ruído na imagem para você saber qual é o valor nem qual é o limite do teu izzo você pode fazer um teste na sua casa fica até como o nosso exercício você vai pegar vai apoiar e sua câmera em algum lugar a honeywell qualquer lugar seja e vai fotografar um objeto coloca sua câmera no modo peta um modo b é o modo programa esse modo a câmera vai ter sugerir a abertura e velocidade do obturador você pode alterar isso mas a gente não vai alterar isso tá deixa que a câmera decide esses dois pilares e você vai alterar o iso coloca a sua câmera entram no modo pedro e vai tirando foto tira a primeira foto com isso sei dobra esse valor bota 200 tira outra foto 400 outra foto 800 outra foto até chegar no limite da sua câmera até no valor máximo dias na sua câmera depois você pega e analisa essas imagens analisando essas imagens você vai saber qual é o limite aceitável aí dodô ruído que você quer na sua imagem qual o limite de izu da sua câmera isso é muito bom a gente saber entender o nosso equipamento é extremamente importante porque assim sabendo das limitações dele a gente vai saber trabalhar melhor com ele então faz isso daí como exercício pra você ver qual é o seu limite também como eu disse né às vezes é uma questão ou do tipo de trabalho que está fazendo ou do teu gosto então não tem como falar assim a câmera tal é vai o iso até tanto é aceitável aceitava pra que isso é relativo à então fazer esse teste aí que é importante você saber a limitação do teu equipamento e qual é a tua limitação de gosto pra isso beleza se você curte esse vídeo aí dá um jóia compartilha o ponto muito realmente muito feliz aí junho últimos meses assim o canal deu uma crescida ilegal é dar uma analisada e nuno políticos aqui do canal e pouco bem legal justamente porque vocês estão dando essa força é clicando aqui não curtir compartilhando eu quero cada vez crescer mais e se esse canal aqui pra poder compartilhar mais e mais conhecimento caso você queira também conhecer os nossos cursos vou deixar aqui na descrição tá como disse no vídeo anterior em time grande plataforma tá bem legal lá vai lá pra dar uma conhecida e vai lá no facebook também comenta se escreve lá porque às vezes a gente consegue se comunicar um pouquinho melhor beleza é isso então grande abraço e até a próxima

Clique Para Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Facebook

To Top